Apoiamos os nossos clientes nas suas relações com instituições francesas, belgas e europeias.

Fazemo-lo com a convicção que a comunicação institucional é comparável a um processo industrial, o que implica que deve ser rigoroso, metódico e adaptado.


Em prática, significa que analisamos os pedidos que nos são feitos no contexto institucional do momento, que definimos uma estratégia para atingir o objetivo que nos é fixado e que aceitámos, e assim pô-la em obra de maneira operacional, diretamente por nós ou em apoio às equipas dos noO perfil dos nossos consultores, que exerceram todos funções de alto nível em áreas complementárias, e que se exprimem fluentemente, tanto a nível oral como escrito, em francês, inglês, alemão, espanhol, português e neerlandês, permite garantir aos nossos clientes uma competência sólida e uma esfera de ação diversificada.


Por questões práticas, os nossos clientes têm um interlocutor único dentro do nosso gabinete, mas é na realidade uma equipa inteira de peritos em relações institucionais que estuda e defende os dossiês junto das instituições publicas.


Estabelecemos laços de confiança com as instituições europeias e nacionais, em França como na Bélgica (tanto ao nível federal que regional), porque os nossos interlocutores conhecem o rigor da nossa argumentação e o respeito que temos para as suas funções.

Este método sistemático permite-nos, há mais de trinta anos, de ser ouvidos e seguidos pelos nossos interlocutores institucionais.